Concurso Inovação

CONTEXTO

Com 20 anos de história e querendo manter-se atualizado com as tendências em inovação, o Concurso resolveu repensar a sua arquitetura. A atuação do Gnova objetivou recuperar o histórico do Concurso, analisar pontos fortes e fracos e de forma colaborativa com o público interno e externo da Enap, idear mudanças e novas características deste concurso.

OBJETIVO

Conferir notoriedade e reconhecimento às práticas inovadoras desenvolvidas na Administração Pública em um formato que esteja mais adequado às expectativas contemporâneas.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

Como atividade preparatória, foi realizada uma ação de curadoria contemplando os seguintes aspectos: benchmarking nacional, benchmarking internacional, incentivos e barreiras à inovação.

Posteriormente, foram realizadas duas oficinas de inovação com ênfase em processo colaborativo de ideação e prototipagem. Estas oficinas, utilizando as metodologias do Design Thinking, tiveram a participação de servidores da Enap e também da rede inova gov.

Pensar formas diferentes de induzir, reconhecer e premiar ações de inovação na Administração Pública foi o fio condutor que orientou o design das atividades da problematização, ideação e prototipagem.

VALOR

Maior participação social (avaliação entre pares);

Empoderamento dos participantes (votação entre pares);

Maior abrangência, maior alcance, mais democrático, inclui mais vozes (inclusão de Estado e Distrito Federal no concurso);

Conquista coletiva, cooperação, colaboração, reconhecimento de quem inovou, (o fato de não ranquearmos)

Valorização de projetos em diferentes estados de implementação e resultados (sem fator limitador de tempo de implementação);

RESULTADO

Concurso de Inovação foi remodelado e apresenta algumas novidades.

Scroll Up