Projetos

Desde de sua instituição, o GNova desenvolveu mais de 20 projetos, apoiando o desenvolvimento de soluções em parceria com diversas instituições demandantes. Além disso, o Laboratório está aprimorando sua estrutura de funcionamento e desenvolvendo ações para ampliação de competências e capacidades para inovação dentro do governo, prestando apoio a estratégia de desburocratização do Governo Federal, em linha com a missão institucional da Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

Confira abaixo os projetos do GNova já finalizados ou em andamento, assim como as atividades de fomento à inovação desenvolvidas em caráter continuado pelo laboratório.

Apoio ao Conselho Nacional para a Desburocratização - Brasil Eficiente

Por designação da Casa Civil da Presidência da República, o GNova tornou-se o órgão de apoio técnico-administrativo às atividades do Conselho Nacional para a Desburocratização – Brasil Eficiente. Nesta condição, tem prestado suporte ao Conselho e a seu Comitê Executivo, coordenado pela Casa Civil e composto por outros Ministérios (MPDG, MCTIC, CGU e MF) e por representantes do Congresso Nacional e da sociedade Civil.

A instituição do Conselho representa um movimento importante para ampliar a governança – e os efeitos – das iniciativas de modernização e simplificação administrativa, desbuorocratização, digitalização de serviços e redução do fardo regulatório imposto à sociedade e ao setor produtivo. As atividades do GNova em apoio ao Conselho abrangem:

  • Prospecção e triagem de iniciativas de desburocratização junto aos Comitês Permanentes de Desburocratização dos Ministérios;

  • Identificação de tendências, metodologias e tecnologias úteis para as iniciativas dos Ministérios;

  • Interlocução com atores da academia, terceiro setor e setor produtivo, em busca de parcerias para a aceleração de iniciativas;

Além das atividades de prospecção mencionadas acima, o apoio do GNova ao Brasil Eficiente engloba:

  • Oferecimento de cursos e capacitações em novas metodologias e em estratégias de aceleração de projetos aos responsáveis por projetos de desburocratização;

  • Oferecimento de cursos e capacitações em novas metodologias e em estratégias de aceleração de projetos aos responsáveis por projetos de desburocratização;

  • Incubação, mentoria e priorização de projetos relacionados a desburocratização no âmbito das atividades do laboratório.

Bolsas de Inovação - Programa Cátedras Brasil

O GNova participa do Programa Cátedras Brasil, iniciativa da Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação Stricto Sensu da Enap, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de projetos inovadores para resolução de problemas na gestão e na implementação de políticas públicas.

Na modalidade “inovação”, o foco do fomento consiste em projetos de desenvolvimento de protótipo de solução relacionado a serviços públicos prestados pelo Poder Executivo federal, estadual ou municipal cuja entrega final deve ser um protótipo de inovação que consista em um produto viável.

Na modalidade pesquisa, o produto são relatórios de pesquisa. A seleção de projetos de pesquisa e projetos de desenvolvimento de protótipos ocorrem por meio de editais públicos, com várias etapas de seleção, contando com comissão de avaliação de projetos e realização de entrevistas.

A concessão da bolsa tem duração prevista de 12 (doze) meses para as cátedras de Pesquisa e de 06 (seis) meses para as cátedras de Inovação.

Confira os projetos atualmente em desenvolvimento sob supervisão do GNova:

1) Soluções Comportamentais para Adesão a Planos de Previdência Complementar: Aplicações Baseadas na Economia Comportamental | Bolsista: Bruno César de Melo Moreira

2) Internet das Coisas – Armazenamento e Processamento na Área Pública | Bolsista: Mario Antonio Ribeiro Dantas

3) Admirável Mundo Novo: Um Estudo de Futuro dos Laboratórios de Inovação em Governo | Bolsista: Andréa de Faria Barros Andrade

4) Crowdsourcing de Dados Abertos Governamentais: Superando o Modelo da "Disponibilização" com Governança Coletiva | Bolsista: Carlos Denner dos Santos Júnior

5) Estratégia-Aplicativo: Insights Comportamentais para Poupar | Bolsista: Dany Rogers Silva

6) Laboratórios de Inovação no Setor Público: Mapeamento e Diagnóstico de Experiências Nacionais | Bolsista: Hironobu Sano

7) Imersão para mobilização com Realidade Virtual | Bolsista: Hélio Lemes Costa Junior

8) Emissão de Certificados Educacionais Baseados em Tecnologia Blockchain | Bolsista: Rogerio Atem de Carvalho

9) Mapa de evidências para boas práticas e intervenções em sistemas prisionais | Bolsista: Laura dos Santos Boeira


Concurso Inovação no Setor Público

O Concurso Inovação no Setor Público é promovido anualmente, desde 1996, pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em parceria com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP).

A premiação valoriza as equipes de servidores públicos que, comprometidos com o alcance de melhores resultados, dedicam-se a repensar atividades cotidianas por meio de pequenas ou grandes inovações que gerem melhoria na gestão das organizações e políticas públicas, contribuam para o aumento da qualidade dos serviços prestados à população e tornem mais eficientes as respostas do Estado diante das demandas da sociedade.

Categorias

  • Inovação em processos organizacionais no Poder Executivo federal

  • Inovação em serviços e políticas públicas no Poder Executivo federal

  • Inovação em processos organizacionais, serviços ou políticas públicas no Poder Executivo estadual/distrital

Critérios de avaliação

  • Inovação

  • Resultados e/ou impactos

  • Utilização eficiente de recursos

  • Parcerias

  • Participação dos beneficiários

  • Mecanismos de transparência e controle social

  • Grau de replicabilidade

  • Grau de sustentabilidade


Objetivos

Público-alvo

Premiação

Incentivar a implementação de iniciativas inovadoras, em organizações do governo federal e estadual/distrital, que contribuam para a melhoria dos serviços públicos; Disseminar soluções inovadoras que sirvam de inspiração ou referência para outras iniciativas e colaborem para o avanço da capacidade de governo; Reconhecer e valorizar servidores públicos que atuem de forma criativa e proativa em suas atividades, em benefício do interesse público.

São aceitas iniciativas desenvolvidas por equipes de servidores públicos, em atividade, no Poder Executivo federal, estadual e distrital, que atuem na administração direta, autárquica, fundacional, bem como em empresas públicas ou sociedades de economia mista.

A premiação ocorre em um evento público com o reconhecimento das cinco melhores iniciativas de cada categoria.

Às iniciativas vencedoras são concedidos: troféu destinado à instituição; certificados para os integrantes das equipes; e direito ao uso do Selo Inovação em materiais de divulgação impressa ou eletrônica.

Além disso, os vencedores passam a compor o Banco de Soluções (disponível no endereço http://inovacao.enap.gov.br) e o Repositório Institucional da Enap (disponível no endereço http://repositorio.enap.gov.br).

Saiba mais

Visite o site do Concurso Inovação e conheça mais sobre o projeto: https://inovacao.enap.gov.br/

Mentoria a unidades de inovação

Um ambiente de inovação pública implica a criação, participação e animação de redes baseadas na confiança e no livre intercâmbio de boas práticas, lições aprendidas com erros, conteúdos, referências e ideias. O Laboratório dinamarquês de inovação em governo, o MindLab, mentora o GNova e compartilha seus métodos, experiência e conhecimento. O GNova, por sua vez, realiza sessões de mentoria com unidades de inovação em fase de estruturação ou implantação recente, utilizando uma abordagem colaborativa e criativa. Desde sua criação, o GNova apoiou ou contribuiu para a estruturação de unidades de inovação em órgãos como o MEC e a ANVISA.

Apoio ao Conselho Nacional para a Desburocratização - Brasil Eficiente

Por designação da Casa Civil da Presidência da República, o GNova tornou-se o órgão de apoio técnico-administrativo às atividades do Conselho Nacional para a Desburocratização – Brasil Eficiente. Nesta condição, tem prestado suporte ao Conselho e a seu Comitê Executivo, coordenado pela Casa Civil e composto por outros Ministérios (MPDG, MCTIC, CGU e MF) e por representantes do Congresso Nacional e da sociedade Civil.

A instituição do Conselho representa um movimento importante para ampliar a governança – e os efeitos – das iniciativas de modernização e simplificação administrativa, desbuorocratização, digitalização de serviços e redução do fardo regulatório imposto à sociedade e ao setor produtivo. As atividades do GNova em apoio ao Conselho abrangem:

  • Prospecção e triagem de iniciativas de desburocratização junto aos Comitês Permanentes de Desburocratização dos Ministérios;

  • Identificação de tendências, metodologias e tecnologias úteis para as iniciativas dos Ministérios;

  • Interlocução com atores da academia, terceiro setor e setor produtivo, em busca de parcerias para a aceleração de iniciativas;

Além das atividades de prospecção mencionadas acima, o apoio do GNova ao Brasil Eficiente engloba:

  • Oferecimento de cursos e capacitações em novas metodologias e em estratégias de aceleração de projetos aos responsáveis por projetos de desburocratização;

  • Oferecimento de cursos e capacitações em novas metodologias e em estratégias de aceleração de projetos aos responsáveis por projetos de desburocratização;

  • Incubação, mentoria e priorização de projetos relacionados a desburocratização no âmbito das atividades do laboratório.

Bolsas de Inovação - Programa Cátedras Brasil

O GNova participa do Programa Cátedras Brasil, iniciativa da Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação Stricto Sensu da Enap, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de projetos inovadores para resolução de problemas na gestão e na implementação de políticas públicas.

Na modalidade “inovação”, o foco do fomento consiste em projetos de desenvolvimento de protótipo de solução relacionado a serviços públicos prestados pelo Poder Executivo federal, estadual ou municipal cuja entrega final deve ser um protótipo de inovação que consista em um produto viável.

Na modalidade pesquisa, o produto são relatórios de pesquisa. A seleção de projetos de pesquisa e projetos de desenvolvimento de protótipos ocorrem por meio de editais públicos, com várias etapas de seleção, contando com comissão de avaliação de projetos e realização de entrevistas.

A concessão da bolsa tem duração prevista de 12 (doze) meses para as cátedras de Pesquisa e de 06 (seis) meses para as cátedras de Inovação.

Confira os projetos atualmente em desenvolvimento sob supervisão do GNova:

1) Soluções Comportamentais para Adesão a Planos de Previdência Complementar: Aplicações Baseadas na Economia Comportamental | Bolsista: Bruno César de Melo Moreira

2) Internet das Coisas – Armazenamento e Processamento na Área Pública | Bolsista: Mario Antonio Ribeiro Dantas

3) Admirável Mundo Novo: Um Estudo de Futuro dos Laboratórios de Inovação em Governo | Bolsista: Andréa de Faria Barros Andrade

4) Crowdsourcing de Dados Abertos Governamentais: Superando o Modelo da "Disponibilização" com Governança Coletiva | Bolsista: Carlos Denner dos Santos Júnior

5) Estratégia-Aplicativo: Insights Comportamentais para Poupar | Bolsista: Dany Rogers Silva

6) Laboratórios de Inovação no Setor Público: Mapeamento e Diagnóstico de Experiências Nacionais | Bolsista: Hironobu Sano

7) Imersão para mobilização com Realidade Virtual | Bolsista: Hélio Lemes Costa Junior

8) Emissão de Certificados Educacionais Baseados em Tecnologia Blockchain | Bolsista: Rogerio Atem de Carvalho

9) Mapa de evidências para boas práticas e intervenções em sistemas prisionais | Bolsista: Laura dos Santos Boeira


Concurso Inovação no Setor Público

O Concurso Inovação no Setor Público é promovido anualmente, desde 1996, pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em parceria com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP).

A premiação valoriza as equipes de servidores públicos que, comprometidos com o alcance de melhores resultados, dedicam-se a repensar atividades cotidianas por meio de pequenas ou grandes inovações que gerem melhoria na gestão das organizações e políticas públicas, contribuam para o aumento da qualidade dos serviços prestados à população e tornem mais eficientes as respostas do Estado diante das demandas da sociedade.

Categorias

  • Inovação em processos organizacionais no Poder Executivo federal

  • Inovação em serviços e políticas públicas no Poder Executivo federal

  • Inovação em processos organizacionais, serviços ou políticas públicas no Poder Executivo estadual/distrital

Critérios de avaliação

  • Inovação

  • Resultados e/ou impactos

  • Utilização eficiente de recursos

  • Parcerias

  • Participação dos beneficiários

  • Mecanismos de transparência e controle social

  • Grau de replicabilidade

  • Grau de sustentabilidade


Objetivos

Público-alvo

Premiação

Incentivar a implementação de iniciativas inovadoras, em organizações do governo federal e estadual/distrital, que contribuam para a melhoria dos serviços públicos; Disseminar soluções inovadoras que sirvam de inspiração ou referência para outras iniciativas e colaborem para o avanço da capacidade de governo; Reconhecer e valorizar servidores públicos que atuem de forma criativa e proativa em suas atividades, em benefício do interesse público.

São aceitas iniciativas desenvolvidas por equipes de servidores públicos, em atividade, no Poder Executivo federal, estadual e distrital, que atuem na administração direta, autárquica, fundacional, bem como em empresas públicas ou sociedades de economia mista.

A premiação ocorre em um evento público com o reconhecimento das cinco melhores iniciativas de cada categoria.

Às iniciativas vencedoras são concedidos: troféu destinado à instituição; certificados para os integrantes das equipes; e direito ao uso do Selo Inovação em materiais de divulgação impressa ou eletrônica.

Além disso, os vencedores passam a compor o Banco de Soluções (disponível no endereço http://inovacao.enap.gov.br) e o Repositório Institucional da Enap (disponível no endereço http://repositorio.enap.gov.br).

Saiba mais

Visite o site do Concurso Inovação e conheça mais sobre o projeto: https://inovacao.enap.gov.br/

Mentoria a unidades de inovação

Um ambiente de inovação pública implica a criação, participação e animação de redes baseadas na confiança e no livre intercâmbio de boas práticas, lições aprendidas com erros, conteúdos, referências e ideias. O Laboratório dinamarquês de inovação em governo, o MindLab, mentora o GNova e compartilha seus métodos, experiência e conhecimento. O GNova, por sua vez, realiza sessões de mentoria com unidades de inovação em fase de estruturação ou implantação recente, utilizando uma abordagem colaborativa e criativa. Desde sua criação, o GNova apoiou ou contribuiu para a estruturação de unidades de inovação em órgãos como o MEC e a ANVISA.